Apes. Together. Strong.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram

Quem assistiu o primeiro filme da saga Planeta dos Macacos sabe o quanto é legal a cena em que essa frase surge. Caesar quebra um graveto e diz: “Apes alone… weak” (“macaco sozinho… fraco”). Em seguida, pega vários gravetos e faz a mesma força, mas os gravetos não quebram. Aí vem “Apes together strong” (“macacos juntos… fortes”).

A frase se tornou o lema dos primatas, que entenderam a importância da unidade verdadeira. Juntos somos mais fortes. Nossa união nos torna mais fortes. E por aí vai. Mais um pouco e vira propaganda de açúcar.

Falar sobre união soa quase piegas, mas é fato que achamos bonita essa mensagem. A vemos em filmes, séries, livros e isso aquece nosso coração. Mas o que é união? Ou: com quem eu devo me unir?

Só entre nós, bem na real, é mais fácil me unir a quem é igual. Quem pensa tal qual. Eu até quero ser um, mas sem muito esforço. Aquele cara que pensa diferente de mim, esse, Deus que me livre, não quero nem passar perto. E aquela xarope que trabalha comigo? Só choraminga, parece que vive numa eterna fossa. Sem chance!

Somos lapidados dia a dia em relacionamentos. É bom andar com quem gostamos, mas não gera muita mudança em nós. São os diferentes, aqueles que fazem você torcer o nariz, são esses que fazem você repensar a vida. Quem não diz amém para tudo o que você fala é quem realmente ajuda a pesar a validade das suas ideias ou a consistência dos seus argumentos.

Existe um poder enorme em sermos um, mas essa unidade não pode ser condicional. Um discurso de união não pode coexistir com um pensamento de “cuide da sua vida”. É incoerente. Óbvio que existem pessoas sem noção que acham que podem opinar e dizer tudo o que você precisa fazer. Existem limites, mas até mesmo os “chatos” têm algo a acrescentar. Pense que talvez eles estejam fazendo a coisa certa do jeito errado. Isso é maturidade, sabedoria, respeito, saber que você não é melhor que os “chatos”, é apenas diferente. Calce os sapatos deles: provavelmente quem você considera chato pensa o mesmo de você! E voltamos ao mesmo ponto: é mais fácil ser um com quem é igual.

No entanto, quando a guerra vier – e ela vem para todos –, será melhor ter ao lado alguém diferente do que não ter ninguém e tentar lutar alone… weak.

E aí, você está disposto a tentar?

Inscreva-se Em nossa Newsletter

Fechar Menu
×
×

Carrinho